da rise and fall of da tower

O primeiro livro do Bruno Galan, Da Rise and Fall of da Tower (2011), narra as psico-elipses de eneagá, um interiorano salvo pelo roque na noite paulistana. Pequena pérola da escrita urbana em repente poético apurado na cultura pop e na filosofia comum que viria, nas obras posteriores, Taco da Lôca (2016) e O meme é a mensagem (2017), reforçada por verve crítica da política, a obra vem envelhecendo bastante bem.

Trata-se de uma prosa de formação com astutos tratamentos dispensados à sequência cronológica, tomada por idas e vindas em ritmo de incansáveis recomeços, e ao cenário, que descreve jornadas e teletransportes entre as mentalizações e virtualizações pessoais do autor-personagem, a Augusta, a Vila Madá, a praça ‘rúzivel’, e a locação principal, a antiga Torre do Dr. Zero. Os tipos da noite são descritos na linguagem inacessível aos escritores de gabinete, que escrevem sem viver, e impensável aos passantes distraídos, que vivem sem se ver. Ao final, como um brinde, a história é recontada ainda outra vez, mas como o roteiro dum filme de final feliz.

As músicas que fazem parte da formação de eneagá foram reunidas pelo autor nesta playlist, para você ler ouvindo:

Para ler o livro em PDF, eiqui: DARISE 2017

Deixe uma resposta

Post Navigation