dois poemas: penteado & naud

SOS

Deixei cair meu coração nas pedras
que chegam a gemer e a chorar o
cambalacho imposto ao inocente rio
por onde muitos hão passado,
por onde tantos vão passar!

Avezinhas tristes parecem murmurar
“Coitado! , pobre rio esquecido…” E
o instinto de sobrevivência as leva,
leva-as a brisa a outros ninhos.

Os peixes, ah! … Não têm saída.
Encontra-os a aflição e a morte e,
à tona bóiam suas feridas. Mas,

eis que alguém desperto vem
aos seres desta água poluída,
Ó seres desta água poluída!
Renovando a esperança,

SOS gritando aos ventos e,
entoando aos rios
a CANÇÃO DA VIDA!

* * *
– Marília Azevedo de Barros Penteado. Poema do livro Reconquista de um Oásis, João Scortecci Editora, 1992
* * *

CONTEMPLAÇÃO DA CIDADE

Por
um momento sinto nas tuas letras
a palavra indispensável. Entro
na sua pura significação, elastifico-me,
e te possuo tôda. Não toca a mim
surpreender-te gênero. Toca tanger tua
humanidade, cidade
onde tantos dramas se comprimem na solidão dos edifícios.
Sinto, um momento, a realidade das tuas pedras, de tua gente,
das tuas águas,
a confluência dos conceitos de Deus, de lei, de vida,
boiando em tua essência.
Mais um dia, mais outro, e outro,
não serás já uma cidade, um momento, a memória
de meu estreitamento a ti.
Serás uma lembrança a vogar o sem tempo,
um susto, no que, sem saber, te encontre transposta,
palavra integral no reino íntegro.
Por enquanto — foge o momento de tua captação cabal —
és fragmentada em mim, no dono do bar, no automóvel, no esmoleiro
parado na esquina. Por enquanto és um pouco das vozes,
das palavras guardadas para ocasião propícia, dos dejetos de hotel
farejados pelo cão ou pelo homem, no lixo.
E mais coisas ainda: a igreja aberta;
a noite morta; o pássaro e o gato;
os canos de esgôto,
surdos rios das casas no ventre das ruas.
Mas és,
para vires um dia sinal, despojada
de tudo o que não foi o momento essencial
em que te surpreendi, na palavra.

* * *
– José Santiago Naud. Poema do livro A geometria das águas, Editora Globo, 1963
* * *

Comments are closed.

Post Navigation