Lamem Abstrato

Ao passo que distinguimos, da erosão e do caos maligno, a estruturante sensação da fome, a ela congraçamos tempo e espaço, fruindo ou transformando as baixas de energia em oportunidade para a postura plácida e lúcida do recolhimento em oração, meditação ou prática mindfulness, dignificando a carência levemente estressante do corpo em ciclos profundos de respiração. Voltamos à comida mais gratos e menos gulosos.

O pouco será muito, e, por isso mesmo, priorizaremos origem, qualidade e preparo, sobrepondo os sabores originais dos frutos da terra às invencionices nem sempre felizes da condimentação apressada e do desnutrido enchimento das rápidas comilanças.

Neste sentido, busquei um saco de lichias douradas, comuns na Ásia mas incomuns no Brasil, querendo delas tirar a base aromática de um prato leve para cear.

O fruto é esquisitissimamente doce de um doce maduro que recende a gaveta mofada e estrume bovino, melaço de cana-de-açúcar e figo desidratado. Aberta a fina e firme casca baia, dá-se num carpo esférico caprichosamente translúcido a resguardar uma das mais bonitas sementes que já vi.

O prato leva três ingredientes, mais água e manteiga. Resulta caldo plenificante, dono de pendor psicogênico próximo ao êxtase sexual e aos banhos de ofurô. Isento de tempero, fia-se integralmente da infusão de lichia dourada, preparada com 40 minutos de antecedência de modo a pespegar-se da rica virtude aromática fita no caráter genomnemônico do fruto.

Servida em cabaça amazônica e sorvida sem pressa nem utensílios, a refeição cumpre as exigências da ceia, nutrindo conforto sem peso e sem ruído às enzimas. Traz na cumbuca a bebida e a sobremesa, entrega um bocado saudável de gordura e dispõe energia apaziguada ao sono a um tempo sinapticamente ativo e imperturbado.

≤≥

Lamem Abstrato de Lichia Dourada

 

INGREDIENTES

– Lichia dourada
– Acelga chinesa
– Inhame graúdo
– Manteiga

 

PREPARO (para uma pessoa)

– Faça a infusão de cascas de sete lichias douradas – sem deixar ferver a água, dando 40 minutos pelo menos para que o aroma se alie ao líquido (vá provando até perceber a gaveta mofada, o estrume bovino, o melaço de cana-de-açúcar e o figo desidratado)
– Cozinhe por cinco minutos, com a casca, metade de um inhame graúdo cortado em lascas de meio a um centímetro de espessura
– Puxe dois maços de folhas de acelga chinesa em meia caixa de fósforo de manteiga na frigideira tampada por dois minutos
– Una o inhame enxaguado às folhas de acelga, misture, brinde-os com um banho da infusão.
– Sirva junto a três ou quatro frutos pelados numa cumbuca.

Comments are closed.

Post Navigation